fbpx
3 de julho de 2022

JUNHO INICIA COM SEMANA DECISIVA SOBRE LEI ORGÂNICA DA POLÍCIA CIVIL

Adriano Bandeira, Deputado João Campos, Coronel PM Marlon Teza (FENEME), Ministro Anderson Torres, Deputado Capitão Augusto, Fábio Lordello (ADEPOL-Brasil), Coronel PM Miller (FENEME) e Sgto. Leonel Lucas (ANERMB), da esquerda para a direita

“Hoje demos mais um passo – e um passo importante e decisivo, para concluirmos os entendimentos no âmbito do governo para a aprovação da Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil”, afirmou Adriano Bandeira, presidente da COBRAPOL, após reunião nesta segunda-feira (6), no Ministério da Justiça, da qual participou o ministro Anderson Torres.

Os técnicos do Ministério, a pedido do ministro, reuniram-se com os representantes da COBRAPOL, Bandeira e o diretor para Assuntos Ministeriais, Evandro Baroto, bem como o vice-presidente da ADEPOL-Brasil, Fábio Lordello, quando passaram em revista o texto da Lei Orgânica. Um novo encontro para a conclusão dos trabalhos está previsto para esta semana.

Esse mesmo exame foi feito em outra reunião, desta vez conclusiva, em relação à Lei Orgânica da Polícia Militar, cuja representação da categoria também estava presente com o ministro.

Adriano Bandeira, presidente da COBRAPOL, faz uso da palavra durante a reunião no MJ

O ministro Anderson Torres, durante o encontro, comprometeu-se a enviar a matéria relativa à Lei Orgânica da Polícia Civil para votação no Congresso Nacional até a próxima semana, havendo a expectativa de que o assunto seja concluído pelos parlamentares, tanto da Câmara quanto do Senado Federal, ainda no primeiro semestre, portanto, antes do recesso previsto para julho.

Além dos representes da COBRAPOL e da ADEPOL-Brasil, participaram da reunião com o ministro o deputado federal Capitão Augusto (Republicanos-SP); o deputado federal João Campos (Republicanos-GO); o presidente da FENEME (Policiais Militares), Coronel PM Marlon Jorge Teza; o Diretor Legislativo da FENEME, Coronel PM Miller; e o presidente da ANERMB, Sgto. Leonel Lucas (fotos).

Fonte: Comunicação COBRAPOL