fbpx
10 de agosto de 2022

Eleições 2022: Cobrapol reforça luta em defesa do Estado Democrático de Direito

O prazo para o eleitor que pretende votar fora de sua cidade nos dias 5 e 26 de outubro, primeiro e segundo turno das eleições gerais, fazer o pedido à Justiça Eleitoral termina no dia 21 de agosto. Na foto: Urna eletrônica

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), entidade de caráter nacional representativa de mais de 140 mil profissionais integrantes da área da segurança pública, também se soma às inúmeras manifestações de organizações sociais em defesa do Estado Democrático de Direito, conquista celebrada há décadas pelo país e seu povo.

Tais manifestações são oportunas diante de sucessivos episódios de radicalização política, verificados no atual quadro da disputa eleitoral para Presidente da República, que ameaçam a democracia, os poderes republicanos constituídos e a própria Constituição Cidadã. O radicalismo ameaça a democracia do nosso país e dificulta o alcance dos objetivos maiores almejados pelo povo brasileiro.

A nação, mais do que nunca, espera que as diversas partes envolvidas legitimamente no processo eleitoral tenham como premissa central a disputa no plano das ideias e propostas que o Brasil tanto busca para garantir seu desenvolvimento pleno, com justiça e soberania.

Ademais, reforço que acreditamos na importância de debates construtivos para o Brasil, com destaque para aqueles que tratam de demandas relacionadas à segurança pública da nossa nação.

Brasília/DF, 21 de Julho de 2022

Adriano Machado Bandeira
Presidente da Cobrapol