fbpx
16 de agosto de 2022

Wladmir Botelho Assume FEPOL-Norte Para dar Continuidade ao Trabalho de Itamir Lima

O policial civil e dirigente sindical da categoria no Estado do Amazonas, Wladmir Botelho, eleito presidente da FEPOL-Norte para o quadriênio 2021-2025, afirmou, durante o VI Congresso da entidade realizado em Brasília (DF), na sede da CNTI, entre os dias 20 e 21 de maio, que trabalhará para “atender a expectativa de todos para dar continuidade ao trabalho do Itamir, buscando consolidar um apoio na luta sindical”.
Wladmir afirmou que será “uma honra servir à Federação; uma honra decidir de forma colegiada com os senhores, principalmente nas discussões dos assuntos de ordem nacional, levando as informações à nossa base, que deve estar atenta, através de ações planejadas, no binômio desejo e possibilidade, de forma organizada, como bem fala o Itamir no planejamento estratégico”.
O dirigente lembrou sua trajetória sindical desde 2007 e destacou “a atuação do SINPOL AM na conquista de salários que hoje é um parâmetro nacional. De forma concreto, a nossa FEPOL-Norte vai tomar as decisões consensuais e colegiadas para fortalecer a nossa COBRAPOL. Eu sei bem as dificuldades da Confederação, pois fui vice-presidente regional quando houve a mudança estatutária”, acrescentou.
“Percebi a luta de âmbito nacional como ela funciona. Juntos, nossa atuação fica mais tranquila, pois a possibilidade de desenvolver o trabalho é mais consistente. Sabemos que lutar contra governos é muito complicado, que têm muitos aparatos técnicos. Precisamos ter os nossos aparatos também”, concluiu Wladmir.
ITAMIR LIMA
Ao se pronunciar no Congresso, cujo lema foi Policiais Civis do Norte – Um Modelo Sindical para o Futuro, Agora! o presidente da FEPOL-Norte, Itamir Lima, agradeceu os presentes ao Congresso, fez um balanço das atividades da entidade e apresentou um plano de trabalho com o objetivo de fortalecer as ações da Federação na defesa dos seus representados e no fortalecimento da instituição a que pertencem.
Itamir parabenizou a diretoria que assumirá o comando da FEPOL-Norte sob a presidência de Wladmir Botelho e lembrou da sua trajetória como profissional da segurança pública quando se apaixonou pela Polícia.
“Nos quatro anos de nossa gestão apresentamos uma proposta de planejamento estratégico, aprovado em 2018, e um Projeto de Empoderamento Político, discutido e aprovado em 2019, mas sabemos que a implementação de estratégias de longo prazo é um desafio para as entidades pois, em regra, atuamos com demandas imediatistas e a base sempre tende a cobrar por resultados rápidos”, argumentou.
O dirigente lembrou que “ao longo desses dez anos de atividade, pode ser que eu não tenha deixado tudo que eu gostaria de ter deixado, mas podem estar certos que foi um período de muita dedicação”, no que foi aplaudido por todos.
E acrescentou: “se você não parar para pensar você deixa de olhar nas pessoas que lhe apoiam que estão do seu lado. Continuarei à disposição para contribuir, mas precisamos agora de um tempo. Amo de coração a missão que exerci, amo de coração as pessoas que conheci, que temos uma consideração especial”.
E concluiu: “eu digo prá vocês: não desistam, a luta vale a pena e vocês poderão contar com um amigo. Obrigado”.
Fonte: Comunicação Social