COBRAPOL SE SOMA AO REPÚDIO A DECLARAÇÕES DE ADVOGADO

Nesta quarta-feira (4), circulou nas redes sociais o vídeo da palestra do advogado Reynaldo Fransozo Cardoso desferindo uma série de ataques à Polícia Civil enquanto instituição e aos seus integrantes. Declarações, no mínimo, levianas e grosseiras, feitas na ânsia de fazer gracejos com os seus expectadores.

Tal conduta foi pronta e devidamente rechaçada pelo Sindicato dos Policiais Civis de Santos e Região (SINPOLSAN), onde a matéria foi veiculada, como também pela Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP).

Ambas instituições repudiaram as declarações pejorativas e depreciativas do referido advogado pelo que elas representaram na tentativa de desqualificar uma instituição cujos integrantes exercem com muito patriotismo e honradez a sagrada missão de proteger o cidadão e a sociedade.

Diante do fato, a COBRAPOL também se soma às manifestações de repúdio já emitidas com a convicção de que se trata de uma atitude isolada que não encontra respaldo na classe dos advogados, muito menos na Ordem dos Advogados do Brasil, entidade centenária cujos membros exercem a nobre atividade advocatícia com responsabilidade e ética, e cuja relação com a Polícia Civil sempre foi de respeito e harmonia, em razão do exercício das respectivas profissões.

A COBRAPOL manifesta, ainda, sua solidariedade com a petição já protocolada para apuração da conduta disciplinar do advogado junto ao Tribunal de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção SP, e informa que estudará outras medidas judiciais cabíveis para a devida reparação das graves ofensas emitidas indevidamente.

Brasília (DF), 6 de setembro de 2019

ANDRÉ LUIZ GUTIERREZ

Presidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *