63 milhões de brasileiros estão negativados

O número de consumidores na lista do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) cresceu 6,03% no mês de novembro na comparação com o mesmo período do ano passado, aponta levantamento da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

Segundo o estudo, o país encerrou novembro com aproximadamente 63,1 milhões de brasileiros com o CPF . Trata-se do crescimento mais acentuado para o mês nos últimos sete anos, segundo a entidade. Na variação mensal, isto é, na passagem de outubro para novembro, também houve uma aceleração nos atrasos, com crescimento de 1,9% no período.

O levantamento mostra um grande crescimento dos endividados na faixa entre 65 e 84 anos. Nessa faixa etária, o crescimento da inadimplência foi de 11,8% no mês de novembro.

Outro dado do indicador revelou que as dívidas com instituições financeiras continuam ocupando a maior fatia do total de dívidas que estão em atraso no país: 51% das pendências são devidas a essas empresas. Logo depois vem os serviços de comunicação (15%), crediário no comércio (17%) e contas de água e luz (9%).

Fonte: Portal HP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *