SINPOL-SE REALIZA WORKSHOP MODELOS DE POLÍCIA E MARCA PARALISAÇÃO DIA 18. COBRAPOL PRESENTE!

Os deputados estaduais Zezinho Sobral e Capitão Samuel participaram do evento ocorrido na capital

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (SINPOL/SE) realizou na manhã desta quarta-feira, 16, o Workshop Modelos de Polícia, evento que buscou discutir estratégias de tornar o serviço policial prestado à sociedade mais eficiente e moderno em todas as polícias do Brasil. O evento contou com quatro palestras temáticas, sendo a abertura dos temas sendo conduzida por Adriano Bandeira, que tratou do assunto “A Proposta Nacional de Modernização e Eficiência das Polícias Civis”.

O evento contou com as participações dos deputados estaduais Zezinho Sobral e Capitão Samuel, além de policiais civis e outros profissionais de Segurança Pública interessados na temática. Outros palestrantes presentes no evento foram André Guitierrez, presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL), que abordou o tema “A Unificação dos Cargos, sua Eficiência e o Ciclo Completo de Polícia”; Itamir Lima, presidente da Federação dos Policiais Civis da Região Norte (FEPOL Norte), com o temática “Empoderamento Político e Amplitude Social dos Policiais Civis”; e Luís Boudens, presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF), com o tema “Carreira Policial e Integração das Polícias no Brasil”.

Na oportunidade, Adriano Bandeira destacou a importância do Workshop e agradeceu o envolvimento dos policiais civis também neste evento voltado para o debate engrandecedor na área da Segurança Pública. “Compreendemos que o ativismo sindical passa por todas as lutas e mobilizações que o SINPOL/SE tiver que fazer para garantir os direitos dos nossos filiados, entretanto também entendemos a necessidade do debate coletivo, do aprendizado constante, do interesse em compartilhar experiências com outras Polícias sobre o nosso trabalho em Sergipe e de compreender a realidade dos outros estados brasileiros. Modelos arcaicos e castradores nas Polícias não funcionam mais. É por isso que insistimos na necessidade do governador Belivaldo Chagas encaminhar o Projeto OPC para aprovação na Assembleia Legislativa. Não é qualquer projeto, é o Projeto de Lei que mostra a preocupação do Governo em modernizar e otimizar os serviços prestados ao cidadão nas delegacias do nosso estado”, destacou Adriano Bandeira.

Paralisação das atividades dia 18

Durante o evento, os policiais civis também reforçaram em diversos momentos a importância da união na luta que se inicia pela aprovação do Projeto OPC e que contará com a paralisação das atividades nas delegacias dos 75 municípios sergipanos. “Foi uma deliberação coletiva de que na próxima sexta-feira, 18, a partir das 7h, em frente ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os policiais civis iniciarão o período de 24h de paralisação das atividades nas delegacias. Nosso luta continua sendo o encaminhamento do Projeto OPC para aprovação na Assembleia Legislativa, comprometimento esse apalavrado pelo governador Belivaldo Chagas para todos os policiais civis de Sergipe”, finalizou Adriano Bandeira.

Mesa dos trabalhos do Workshop

Adriano Bandeira, presidente do SINPOL-SE

André Luiz Gutierrez, presidente da COBRAPOL

Luís Boudens, presidente da FENAPEF

Itamir Lima, presidente da FEPOL-NORTE

Fonte: SINPOL-SE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *