Sindicato denuncia falta de compromisso do governo para os ‘PCS’ na Paraíba

Ao longo do mandato da atual gestão governamental, o Sindicato dos Servidores da Policia Civil (SSPC) do Estado da Paraíba tem reivindicado a correção do Plano de Cargos Carreira e Salários, aposentadoria com proventos integrais, transformações dos cargos de motorista policial auxiliar para a classe investigativa, papiloscopista policial para o cargo de perito papiloscópico a exemplo de outros estados, ascensões funcionais a cada dois anos como manda a legislação, paridade dos vencimentos dos peritos aos de delegados de policia, proporcionalidade dos vencimentos de 2/3 dos vencimentos dos delegados de policia agente de investigação, escrivão de policia, técnicos em pericias, agente de telecomunicação, transformação dos vencimentos em subsídios para todo grupo GPC-600 e melhores condições de trabalho.

Segundo o presidente do Sindicato, Antônio Erivaldo (foto), essas reivindicações são fundamentais para normalizar as atividades dos policiais civis no Estado, hoje comprometidas pela omissão e falta de sensibilidade governamental em relação aos pleitos já apresentados pela categoria.

“Não há segurança sem a valorização do bom policial”, concluiu Antônio Erivaldo.

Fonte: SSPC-PB/COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *