Juristas convocam ato contra reforma da Previdência

As entidades que compõe a Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) vão realizar no próximo dia 1º de fevereiro, quando há a abertura do ano judiciário, um ato público no auditório Nereu Ramos na Câmara dos Deputados contra a reforma da previdência (PEC 287/16) e pela valorização da Magistratura e do Ministério Público.
Dentre as entidades que compõem a Frentas estão a CONAMP (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público), a Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), a ANPT (Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho) e a ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República).
A Frente aponta que a “reforma da previdência será prejudicial a toda população e o evento tem como objetivo alertar toda a sociedade, a comunidade jurídica e os parlamentares para os riscos das propostas legislativas que tendem a enfraquecer a autoridade judiciária em suas respectivas carreiras”.
A categoria vem acompanhando a tramitação da lei desde o início e fez parte do grupo de trabalho que auxiliou os trabalhos da CPI da previdência no Senado. Durante a reunião que chamou o ato, o presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, destacou a insatisfação com os andamentos dos projetos que tratam sobre a Reforma da Previdência no Congresso Nacional. “Precisamos mostrar que não estamos de acordo com o texto apresentado”, afirmou.

Fonte: Comunicação COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *