FEIPOL-CON REALIZA COM SUCESSO O 15º CONGRESSO

Durante os dias 5, 6 e 7 de setembro, Palmas-TO, recepcionou o XV Confeipol-CON, evento que contou com debates importantes para os policiais civis de todo o Brasil, em especial aos que compõem atualmente a base da Federação, que são os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins.

Com o tema: OS DESAFIOS DAS ENTIDADES SINDICAIS EM RESISTÊNCIA AO SUCATEAMENTO ESTRUTURAL DA POLÍCIA CIVIL E A DETERIORAÇÃO DOS DIREITOS DE SEUS PROFISSIONAIS, a Federação trouxe a discussão de assuntos que são de extrema relevância atualmente, tanto para os profissionais que representa, quanto para a sociedade de maneira geral.

Na abertura, com o palestrante Marcelo Azevedo, Diretor Jurídico da FENAPRF e especialista em Previdência, os cerca de 250 espectadores foram instruídos sobre os prejuízos ocasionados pelo texto da PEC 06/2019, tanto à sociedade em geral quanto aos profissionais de segurança pública. O palestrante discorreu ainda sobre os avanços em correções em partes do texto, que eram massacrantes aos policiais civis, durante as negociações com parlamentares, tanto na Câmara Federal quanto no Senado, bem como a importância da mobilização promovida pelas entidades sindicais para minimizar os danos da Reforma.

“É um tema latente, preocupante e que denota a necessidade de termos entidades cada vez mais organizadas e categoria consciente de seus direitos e deveres na manutenção de conquistas históricas e na busca do seu reconhecimento e valorização”, afirmou.  “Marcelo Azevedo tem sido fundamental nas discussões do tema previdenciário dentro da União dos Policiais do Brasil – UPB.  ao qual agradecemos imensamente, como também à FENAPRF por prontamente terem aceitado nosso convite”, disse Marcilene Lucena, Presidente da FEIPOL-CON.

Ainda na abertura do Congresso, o SINPOL-TO, anfitrião do Congresso, por meio de seu Presidente, Ubiratan Rebelo, inaugurou um lindo espaço de eventos e homenageou o Policial Civil, já falecido, WELBEM MARTINS CARVALHO, conhecido por todos como, “Barrolândia”. “Uma homenagem merecida a um colega que foi tão presente na Polícia Civil e um espaço que dignifica a todos que representamos e que confiamos ser um símbolo da valorização e da autoestima que buscamos aos nosso associados, desde o dia que assumimos o dever e a honra de representá-los”, afirmou Rebelo.

No segundo dia, o Presidente da FEPOLNORTE, Itamir Lima, apresentou à plenária o Projeto de Empoderamento Político dos policiais civis, elaborado pela Federação por ele presidida. “O objetivo do projeto é nortear as entidades e a categoria em como proceder em um projeto de empoderamento que vai muito além de ocupar cadeiras no executivo ou legislativo e, sim, empoderar entidades e categorias de seu papel como atores sociais e políticos, capazes de participar de forma efetiva da vida da comunidade que estão inseridos e serem protagonistas na construção de uma segurança pública que de fato promova cidadania para o povo brasileiro”, explicou Itamir.

Como último palestrante, Flávio Wernek, uma das maiores lideranças da Polícia Federal no Brasil e referência em temas da segurança pública, trouxe uma discussão técnica sobre Carreira Única e Ciclo Completo. “Temos esses assuntos como muito caros para nossas ações, tanto nos estados, como em Brasília, junto ao Ministério da Justiça e ao Congresso Nacional. Devemos assumir papel de destaque em todos esses debates e a palestra foi importante para nos consolidar ainda mais nesse objetivo”, destacou Marcilene.

O XV Confeipol-CON foi prestigiado pela presença da representação de 12 estados brasileiros e contou com a troca de experiências e momentos de confraternização entre aqueles que realizam a luta nacional em defesa dos policiais civis. Além disso, deliberações importantes devem fortalecer a entidade e ampliar seu lastro como uma organização mais consistente financeiramente, cumprindo os ditames estatutários de repasse mensal, o que consolidará ainda mais suas ações em defesa dos interesses das entidades e dos trabalhadores que representa.

Por fim, recepcionando e dando as boas-vindas ao SINPOL-MT, SINDEPOJUC e ao SINPOL-GO, entidades recentemente filiadas, houve deliberações quanto ao preenchimento de vagas e adequações na diretoria, conforme preza o estatuto da Federação. “Decisões que consolidam os esforços de cada entidade no fortalecimento do sistema federativo e confederativo e marcam a confiança depositada em nosso trabalho para continuar conduzindo com dedicação e responsabilidade um futuro cada vez mais prósperos para a FEIPOL-CON”, encerrou Marcilene Lucena.

Membros da direção da FEIPOL-CON e convidados do Congresso
Marcilene dirige-se aos integrantes do Congresso na abertura do evento

Fonte: FEIPOL-CON

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *