COBRAPOL promoverá ampla mobilização em Brasília para barrar a ‘reforma’ da Previdência

Diretoria promove sua primeira videconferência e decide, também, participar do Movimento BASTA! para as eleições de 2018

A Diretoria da COBRAPOL promoveu nesta terça (30) sua primeira reunião através do sistema de videoconferência e decidiu promover, a partir do dia 5 de fevereiro, uma ampla mobilização de representantes de suas entidades filiadas – federações e sindicatos, no Congresso Nacional, com o objetivo de barrar a aprovação da PEC 287/17, de autoria do Poder Executivo, que trata da chamada “reforma da Previdência”.

A reunião, coordenada pelo presidente André Gutierrez (PR), contou, ainda, com as presenças, em Brasília, dos seguintes diretores: Alex Galvão (DF); José Carlos Saraiva (DF); Ubiratan Rebello (TO); Antonio da Costa (GO) e Jeancarlo Miranda (MS) (foto).

Participaram através da videoconferência os seguintes diretores: Sidnei Belizário de Melo (SINCLAPOL e Diretor de Integração Classista da COBRAPOL); Leandro Almeida      (SINDPOL-RR e Diretor de Assuntos Jurídicos Constitucionais da COBRAPOL); Renato Damasceno Bessa (SINPOL-AM e 1º Diretor Financeiro da COBRAPOL); Benildo de Lucca (SINPOL-RS); Aparecido Lima (Presidente da Feipol-Sudeste); Antônio Erivaldo Henrique dos Santos (SSPC-PB e Vice Presidente da Região Nordeste da COBRAPOL) Wladimir Botelho ( SINPOL/AM  e Vice Presidente da Regional Norte da COBRAPOL)

A Diretoria decidiu, por unanimidade, continuar o trabalho junto aos parlamentares na Câmara dos Deputados para tentar inviabilizar a votação da PEC pelo que a medida representa de retrocesso para os policiais civis como para os trabalhadores e a sociedade em geral. O governo e suas lideranças estão programando iniciar a votação da matéria no dia 19 de fevereiro. Nessa mesma data, foi aprovada a realização de uma reunião do Conselho de Entidades da COBRAPOL, em Brasília, para avaliar e intensificar os trabalhos junto aos deputados federais.

Também, de forma unânime, os diretores decidiram apoiar a participação da COBRAPOL do Movimento BASTA!,  integrado pelas confederações nacionais de trabalhadores, que tem o objetivo de promover uma estratégia eleitoral para apoiar candidaturas comprometidas com as diversas categorias laborais e os interesses da sociedade. E, no caso da COBRAPOL, o apoio aos policiais candidatos. Esse Movimento pretende definir critérios pelos quais os candidatos seriam certificados para obterem o apoio das entidades sindicais e dos movimentos sociais. O Fórum Sindical dos Trabalhadores (FST), do qual a COBRAPOL também participa, atuará junto com o Movimento BASTA! nesse trabalho de estímulo às candidaturas em todos os estados do país.

A direção da Confederação também decidiu estudar as ações que podem ser feitas no âmbito jurídico para se contrapor à recente resolução da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) que restringiu o acesso dos policiais civis aos voos comerciais.

O presidente André Gutierrez avaliou “como muito positiva a reunião, não apenas pelos temas que foram tratados, mas também por esse novo formato que pretendemos utilizar para tornar nossas reuniões da direção mais frequentes e, também, mais econômicas para a entidade”.

 

Fonte: COMUNICAÇÃO COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *