COBRAPOL E SINDPOL-RR PEDEM IMEDIATA INTERVENÇÃO EM RORAIMA

O motivo é o caos com a paralisação dos serviços públicos essenciais, principalmente na segurança pública

A COBRAPOL o SINDPOL-RR, através de seus presidentes,  André Luiz Gutierrez e Leandro Almeida, respectivamente, solicitaram hoje (8) à Procuradoria Geral da República (PGR) um pedido de intervenção federal no Estado de Roraima (foto).

A motivação central para tal pedido é o fato de que os servidores da segurança pública daquele Estado estão há dois meses sem receber seus salários, além da suspensão do pagamento de todos os fornecedores há vários meses.

A Polícia Civil de Roraima está prestes a fechar as portas, pois, além dos servidores estarem sem receber seus proventos, não há material básico imprescindível às atividades diárias da instituição.

O Estado também enfrenta uma crise sem precedentes na área da saúde, onde os dois maiores hospitais da capital oram interditados, e no sistema prisional.

Desde que a atual governadora perdeu as eleições, ainda no primeiro turno, a população sofre com a grave crise em serviços públicos essenciais.

Gutierrez e Leandro Almeida, depois de protocolarem a petição foram unânimes em afirmar que “não há outra solução senão a intervenção, medida drástica, mas a única que pode ser capaz de normalizar os serviços públicos paralisados, principalmente nas áreas essenciais, como a segurança pública, fato que afeta profundamente a população do Estado”.

Fonte: SINDPOL-RR/Comunicação COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *