COBRAPOL e entidades de todo país promovem ato exigindo imediata readmissão de dirigente sindical em Pernambuco

Dirigentes da COBRAPOL e de suas entidades filiadas de todo país, sindicatos e federações, promoveram nesta segunda-feira (18), em Recife (PE) (fotos), um ato pela imediata readmissão do dirigente sindical ÁUREO CISNEIROS LUNA FILHO, presidente do SINPOL-PE por dois mandatos, exonerado de forma injusta e ilegal por parte do governo daquele Estado, após processo administrativo que se estendeu desde 2018.

O presidente da Confederação, André Luiz Gutierrez, presente ao evento, reafirmou “o compromisso da entidade com a luta pela reparação imediata dessa injustiça, que viola o princípio da liberdade sindical”. E acrescentou: “Repudiamos o ato respaldado pelo próprio governador, pois representa uma agressão à atividade sindical inerente à garantia da representação coletiva previsto na Constituição”.

Gutierrez, em manifestação pública, denunciou a “perseguição política por parte de um governador que se diz socialista”. O dirigente enfatizou, ainda, que a COBRAPOL vai fazer a denúncia da violação do princípio da liberdade sindical na Organização Internacional do Trabalho (OIT), pois representa um precedente inaceitável (ver vídeo).

ENTREGA DE DOCUMENTO – Os dirigentes da COBRAPOL e das entidades filiadas, após o ato realizado pela manhã pela readmissão de Áureo Cisneiros, fizeram uma caminhada até o Palácio do Governo do Estado de Pernambuco (Campo das Princesas) e entregaram um documento em que solicitam a imediata reintegração do sindicalista aos quadros da Polícia Civil em razão de um ato de exoneração ilegal e injusto praticado pelo governador pernambucano.

O próprio presidente da Confederação, André Luiz Gutierrez, participou, ao lado das demais lideranças, da entrega do documento ao Secretário Executivo da Casa Civil do governo de Pernambuco, Eduardo Figueiredo.

Além da COBRAPOL, estiveram presentes ao ato e ao evento de entrega do documento representantes das seguintes entidades: Sinpol–TO, Sinpol–MT, Sinpol–AM, Sindpol–MG, Sindep–MG, Aespol–MG, Sinclapol–PR, Sinpol–GO, Sinpol–SE, Sindpol–RJ, Sinpol–PI, Sinpol–MS, Feipol-SUL, Feipol–CON, Feipol-Sudeste, Sindpol–AL, Sinpol–DF, Sinpol–RN, Sinpol–PA, Sindspol–PB e Sinaep-PB.

Fonte: Comunicação COBRAPOL