COBRAPOL E DEMAIS ENTIDADES DA SEGURANÇA PÚBLICA INTENSIFICAM TRABALHO PELA APOSENTADORIA POLICIAL

Votação deve ocorrer hoje na Comissão Especial e, até ontem (3), o pleito não estava garantido

A COBRAPOL, através de seu presidente André Luiz Gutierrez e outros dirigentes da entidade, de federações e sindicatos, intensificaram, ontem (3), os trabalhos junto às lideranças da Câmara dos Deputados para assegurar a votação do regime diferenciado de aposentadoria para os policiais no âmbito da reforma previdenciária que está sendo discutida e votada na Comissão Especial que trata do tema.

Ainda no dia de ontem, o relator da reforma, deputado Samuel Pinheiro (PSDB-SP), apresentou uma terceira versão de seu parecer na Comissão, no entanto, o pleito das categorias de profissionais de segurança continua não contemplado. Saíram informações de que os policiais federais teriam sido atendidos, o que foi desmentido pelas organizações que os representam nacionalmente.

Hoje (4), há uma previsão de votação na Comissão Especial do relatório e os dirigentes da COBRAPOL continuam, ao lado dos demais integrantes da União dos Policiais do Brasil (UPB), desenvolvendo articulações para garantir o atendimento à justa reivindicação das categorias.

Gutierrez salientou que “embora o presidente da República tenha se manifestado mais uma vez, o fato é que hoje não temos garantia nenhuma e as próprias lideranças governistas não asseguram o atendimento ao que defendemos, por isso vamos continuar trabalhando para que, no limite, garantir a votação dos Destaques que apresentamos através de dois parlamentares, Léo Moraes (Podemos-RO) e Hugo Leal (PSD-RJ)”. Esse último, em contato com Gutierrez (foto), assegurou a luta pela votação de seu Destaque na Comissão Especial.

Fonte: Comunicação COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *