COBRAPOL APOIARÁ MANIFESTAÇÕES DIA 22 EM DEFESA DAS APOSENTADORIAS DOS TRABALHADORES E DOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA

No próximo dia 22 de março, sexta-feira, as Centrais Sindicais realizarão em todo país manifestações pelo Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência.

A mobilização contará com o apoio da COBRAPOL que, ao lado demais entidades representativas de profissionais da segurança pública, posicionou-se contra a proposta governamental, especialmente no que se refere à aposentadoria diferenciada desses profissionais, aspecto ignorado pela Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Poder Executivo. Informações asseguram a participação de diversas entidades filiadas à Confederação nos atos que estão sendo organizados em vários Estados brasileiros.

Na avaliação dos dirigentes sindicais, A PEC da reforma de Bolsonaro dificulta o acesso e reduz o valor dos benefícios ao estabelecer a obrigatoriedade da idade mínima de 65 anos para os homens, 62 para as mulheres e aumenta o tempo de contribuição de 15 para 20 anos, além de retirar da Constituição o sistema de Seguridade Social brasileiro.

MULHERES – Os sindicalistas também já reforçaram as manifestações ocorridas no último dia  8 de março, Dia Internacional da Mulher, pois as trabalhadoras são as mais prejudicados com a reforma da previdência.

Pelas regras atuais, uma mulher de 55 anos e com 25 anos de contribuição teria de trabalhar mais cinco anos para se aposentar por idade e conseguir receber o benefício integral. Ou seja, estaria aposentada aos 60 anos e com 30 anos de contribuição.

Mas, a reforma do governo, além de impor a idade mínima de 62 anos tem regras de transição duríssimas. Se o Congresso aprovar a PEC, essa mesma mulher terá de trabalhar mais sete anos (55 + 7 = 62) para se aposentar por idade. Ainda assim, ela só chegaria a 32 anos de contribuição (25 + 7 = 32) e não se aposentaria com o benefício integral, que, pelas novas regras, vai exigir, no mínimo, 40 anos de contribuição.

Fonte: Comunicação COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *