COBRAPOL ABRE CONGRESSO EXTRAORDINÁRIO EM CLIMA DE UNIDADE E LUTA

A COBRAPOL promoveu na noite desta segunda-feira (12) a abertura de seu Congresso Nacional Extraordinário, nas dependências do Hotel Nacional, em Brasília (DF), com a presença de delegados e representações das entidades filiadas de todo país, em clima de unidade e luta (fotos). 

A cerimônia de abertura foi feita pelo presidente da entidade, André Luiz Gutierrez, que, ao saudar e agradecer todos os presentes, destacou “a importância do momento vivido pelos trabalhadores policiais civis brasileiros e os desafios da COBRAPOL para defender as suas causas, como a aposentadoria diferenciada, e melhores condições de trabalho diante do grave quadro de sucateamento que vive a instituição Polícia Civil”.

“Passou da hora dos governantes darem a devida importância à segurança pública nacional”, afirmou Gutierrez, acrescentando que “o que está em jogo, em última instância, é a defesa do cidadão e da sociedade, nunca tão desprotegidos como atualmente”.

O ato inaugural do Congresso contou com pronunciamentos de todos os presidentes das Federações regionais que integram a COBRAPOL: Ênio Nascimento (FEIPOL-Nordeste), Marcilene Lucena (FEIPOL-Centro-Norte), Aparecido Carvalho (FEIPOL-SUDESTE), Itamir Lima (FEIPOL-Norte) e Emerson Ayres (FEIPOL-SUL) deram as boas-vindas às delegações e  falaram da importância do Congresso para a categoria nacionalmente.

O deputado federal Luiz Miranda (DEM-DF) participou da sessão de abertura do Congresso quando discorreu sobre  a luta em defesa da aposentadoria dos profissionais de segurança na discussão da Reforma da Previdência (PEC 6/2019) na Câmara dos Deputados. Segundo o parlamentar, “é preciso lutar para que as pessoas tenham consciência da valorização da segurança pública e de seus profissionais, pois sem isso não há desenvolvimento econômico e social”.

Gutierrez agradeceu ao deputado pelo apoio às bandeiras dos policiais civis e lembrou que o Congresso da COBRAPOL encerrará seus trabalhos com uma homenagem a todos os parlamentares que defenderam a causa da segurança pública no Congresso Nacional.

REGIMENTO INTERNO E PROGRAMAÇÃO – Após a abertura, o Congresso Extraordinário da COBRAPOL aprovou seu regimento interno e confirmou a programação do evento: nesta terça (13), haverá a apresentação e discussão da prestação de contas da entidade e as propostas de reforma estatutária; e, na quarta (14), discussão e definição de estratégias sobre as aposentadorias dos policiais diante da tramitação da PEC 6/2019 e da possibilidade da reforma abranger os Estados da Federação.

Mesa do Congresso: presidente Gutierrez ladeado pelos presidentes das federações filiadas e pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF)

 

Fonte: Comunicação COBRAPOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *