Sinpol-DF aprova filiação à COBRAPOL

Em assembleia realizada na tarde de hoje, os policiais do DF aprovaram a filiação do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) à COBRAPOL. Em vídeo postado aqui no site, o presidente da Confederação, Jânio Bosco Gandra, comunica a decisão da categoria, dá as boas-vindas aos policiais do DF, ressaltando que o sindicato é mais um aliado no “combate dos desmandos do governo em defesa dos direitos dos policiais civis”, declarou.

A COBRAPOL está em plena campanha nacional pela retirada da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da Reforma da Previdência e que está em tramitação na Câmara dos Deputados. “A reforma é nefasta para o conjunto dos trabalhadores”, ressalta Gandra.

Assista ao vídeo aqui

Por Giselle do Valle
Fonte: Imprensa COBRAPOL

Gandra antecipa retorno das férias

O presidente da COBRAPOL, Jânio Bosco Gandra, antecipa seu retorno das férias para assumir suas responsabilidades à frente da Confederação e também como coordenador de Mobilização da União dos Policiais do Brasil (UPB) que define nos próximos dias novas estratégias de luta contra a Reforma da Previdência (PEC 287/2016), em tramitação na Câmara dos Deputados.

A Reforma é extremamente nefasta para o conjunto dos trabalhadores, retira direitos duramente conquistados por diversas categorias profissionais e torna inviável a aposentadoria de grande parte dos brasileiros. “Não se trata apenas dos policiais, mas de todos os trabalhadores. Por essa razão, entendendo o quanto essa reforma é prejudicial, nós da COBRAPOL e das demais entidades de policiais que compõem a UPB somos contrários à PEC 287, em sua totalidade”, comentou Gandra.

Fonte: Imprensa COBRAPOL

COMUNICADO IMPORTANTE

A pedido de Presidentes das Entidades, que descontentes com a delegação da presidência
interina, por mim delegada ao Sr. André Gutierrez, Primeiro Vice-presidente da COBRAPOL, me
foi solicitado o retorno imediato às funções de Presidente, nos termos do estatuto daCOBRAPOL.

Perante a situação, depois de grande ponderação, decidi acatar as solicitações dos meus pares,
pelo que venho pela presente, reassumir, com efeitos a 5 de agosto de 2017, as funções a mim
outogradas estatutariamente, no artº 24.

Em consequência desta minha decisão, desde já ficam revogadas todas e quaisquer competência
por mim delegadas ao Primeiro Vice-presidente.

 

 

Janio Bosco Gandra

Presidente da COBRAPOL

 

 

 

 

 

 

COBRAPOL convoca XVII Congresso da Confederação

A COBRAPOL publicou no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (04/08) o edital de convocação do XVII Congresso Nacional da Confederação, que acontecerá nos dias 04, 05 e 06 de setembro de 2017, com abertura no dia 04, às 18h30 em primeira convocação, e às 19h, em segunda e última convocação, com qualquer número de convocados presentes, no Hotel Princesa Louçã, localizado em Belém-PA. A convocação abrange todas as entidades filiadas à COBRAPOL.

No XVII Congresso Nacional da COBRAPOL serão discutidas as seguintes pautas: 1) Prestação de contas; 2) Alterações Estatutárias; 3) Alteração de base e denominação da entidade; 4) Importância da polícia judiciária no Brasil; 5) Efeitos da audiência de custódia no trabalho dos policiais civis; 6) Apresentação para discussão e aprovação da Lei Geral da Policia Civil elaborada pela COBRAPOL; 7) Unidade nas formas de mobilização contra a retirada de direitos; 8) Reestruturações dos sindicatos, federações e confederação após a reforma trabalhista; 9) Aplicação da lei de segurança nacional nos crimes de tráfico de drogas e armas.

O edital é assinado pelo presidente em exercício da Confederação, André Luiz Gutierrez. No mesmo DOU, foi publicado o Aviso de Anulação dos efeitos do edital de convocação de 23 de julho, publicado no DOU de 25 de julho, Seção 3, Página 141.

Por Giselle do Valle
Fonte: Imprensa COBRAPOL

COBRAPOL volta a se posicionar contra Reforma da Previdência

O presidente em exercício da COBRAPOL, André Luiz Gutierrez, participou ontem (1º/08), de audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal para debater a Reforma da Previdência, com foco nas aposentadorias especiais.

Gutierrez esclareceu que a categoria vem substituindo o termo “aposentadoria especial” por “aposentadoria policial”. Sobre a retirada do conceito de atividade de risco da Constituição, o presidente em exercício esclareceu que os policiais são contra, “Todos os operadores da Segurança Pública são gladiadores modernos, porque diferente do que muitos possam imaginar, a gente busca o risco diariamente. Toda investigação, o policial está buscando o criminoso. Todo dia a gente sai pra trabalhar e não sabe se volta”, afirmou.

Gutierrez destacou ainda a questão da insalubridade envolvida na atividade do policial, os riscos inclusive de contrair doenças físicas e psicológicas, além do desvio de função, e tantas outras situações que envolvem o trabalho policial. Lembrou ainda que a posição da COBRAPOL aprovada em assembleia dos trabalhadores por ela representada é contrária a Reforma da Previdência. “Estamos pensando no conjunto dos trabalhadores e não apenas no policial em si. Por isso, somos totalmente contra essa Reforma”, declarou.

Para saber mais, assista ao vídeo com a intervenção de Gutierrez postado aqui em nossa página.

Atrás: Ademilson Alves Batista (presidente da Feipol/Sul), André Luiz Gutierrez (presidente em exercício da COBRAPOL), e Dr. Mauricio Marcos Mattos (diretor Jurídico Adjunto do Sinclapol). Na frente: Sandro Barbosa Quevedo (diretor Institucional e Intersindical do Sinpol/ RS).

Fonte: Imprensa COBRAPOL

SINPOL RS lança campanha de valorização do policial civil

O Sinpol RS (Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS) lançou, nesta segunda-feira (31), a campanha de valorização do policial civil com o mote Nossa Missão é Defender a Sociedade. A campanha será veiculada em busdoor pela capital gaúcha, nas principais rádios e nas redes sociais.

O principal objetivo do trabalho, desenvolvido pela Mundi Propaganda, é sensibilizar a sociedade gaúcha para a importância dos policiais civis e da necessidade de agregar forças para a manutenção dos direitos das categorias policiais e pela busca de melhores condições de trabalho.

A campanha apresentada à Chefia de Polícia, à Ugapoci e à Asdep, é a primeira de uma série de trabalhos a serem desenvolvidos nos próximos 12 meses.

O Sinpol RS é, desde 1999, a entidade representativa de todas categorias da Polícia Civil. Seu atual presidente é o policial Emerson Ayres.

Fonte: Imprensa SINPOL RS Sindicato